DIY: Lousa Paris

Olá! Postei aqui uns meses atrás uma Lousa Office que fiz no escritório de uma amiga! Esse tipo de Parede-Lousa além de bonito e decorativo, também é muito funcional. Tem se usado muito também Parede-Lousas em cozinhas, que servem para anotar recados, receitas, inspirações, e etc.

Hoje vou mostrar uma Parede-Lousa que fiz na cozinha de um casal apaixonado por Paris! Vamos ao passo-a-passo!

68

A parede onde seria desenhada a lousa já estava pintada de preto, mas senão está, a tinta pode ser comprada em casas de material de construção, você pode optar pela Tinta Esmalte Preto Fosco de qualquer marca. ;)

Nesse caso eu peguei desenhos de referência na internet, nada que o Google não resolva! Na hora de desenhar a dica que eu dou é fazer como fiz na 1ª foto, desenhar bem fraquinho o contorno básico das figuras para primeiro organizar o espaço e distribuir de forma coerente os desenhos a serem feitos. Como o giz tá bem fraquinho, fica mais fácil apagar e começar de novo até ficar de um jeito que você julgue legal! :)

Infelizmente não existe mágica para passar o desenho do papel para a parede. Eu faço tudo no olho, mas utilizar régua, fita crepe para marcar o espaço, ou até um projetor para refletir o desenho na parede ajuda muito! Há também muitas pessoas que usam aquela técnica do quadriculado muito presente na infância, para passar os desenhos. Você pode fazer uma malha quadriculada bem fraquinha de fundo e assim conseguir uma proporção boa na hora de desenhar! ;)

69 70 71 72 74

Muitas pessoas já me perguntaram se eu passo algum produto para fixar o desenho. Uma vez eu usei verniz incolor fosco em spray, e sinceramente, não ajudou muito. Passar um verniz fosco em pincel eu nunca tentei, mas acredito que estragaria todo o trabalho. Então na verdade eu não passo nada. :( Se alguém tiver alguma dica ou experiência com isso deixe aqui um comentário!

E por último, para apagar qualquer coisa use um apagador de lousa convencional ou uma flanela umedecida com água. Se a lousa estiver muito “usada” ela ficará com aquele esbranquiçado e só há um jeito de deixá-la limpinha para próximos rabiscos. A receita é fazer uma mistura de 60% detergente com 40% de água e aplicar com uma esponja, deixe secar naturalmente.

E aí, gostaram?? :D

DCIM101GOPRO

DIY: Desenho no vidro

Quarta-feira é dia de “Do it yourself” aqui no Blog, e nessa semana eu mostro os desenhos que fiz na vitrine da loja Maria Maria em comemoração ao Dia Das Mães!

Escrever no vidro é uma solução barata pra quem quer colocar algo novo na vitrine da loja, na janela do quarto… e quando enjoar é super fácil de remover, um pano úmido com água ou limpa-vidro é suficiente.

post0056-1

Eu usei a Posca, um marcador multiuso que pode ser encontrado em várias papelarias e lojas que vendem spray e material para pintura. Como o desenho é grande eu escolhi a Posca PC-17k na cor branca, a ponta dela tem 15mm de largura e permite traços bem grossos ou finos.

Na hora de passar o desenho papel para o vidro não tem muito segredo: medir a superfície , dividir o espaço proporcionalmente, criar linhas guias para o desenho com fita crepe ou traços finos com a própria caneta ajudam muito!

O resultado é esse abaixo!  Escolhemos um techo da música “Maria Maria” do Milton Nascimento para homenagear todas a mães e que também é a cara da loja :).

 

post0056-2post0056-3 post0056-4 post0056-5

A loja fica na Rua das Paineiras, 499 em Santo André, São Paulo. Aproveite e não deixe sua mãe sem presente!
Muito obrigada a Marina Palacio, ao Felipe Sako e a loja Maria Maria pela oportunidade! <3

 

DIY: Lousa Office

Eu sempre gostei de projetos e ambientes que incluem a Parede Lousa como recurso de decoração. Ela se tornou unanimidade da decoração: tem valor estético e funcional. Além de servir como mural de recados, brainstorm, desenhos e qualquer outro rabisco, ele trás um estilo lúdico, divertido e criativo para os ambientes.

Fui convidada pela minha amiga Bárbara pra transformar uma parede lisa e clara no escritório dela em uma Parede Lousa, e o resultado é esse que você nas fotos abaixo. :)

01

Como fazer? É bem fácil:

1. Compre a tinta em casas de material de construção, você pode optar entre a Tinta Suvinil Esmalte Verde Escolar ou a Tinta Esmalte Preto Fosco de qualquer marca.  Não aconselho fazer a tinta em casa, a mistura e a intensidade da cor podem dar errado, e se for para uma área muito grande de parede isso pode ser um problema.

02

2. Delimite a área a ser pintada com fita crepe, cole-a bem na parede, para a tinta não vazar para “fora”.

3. Espere 72h após a pintura e comece a desenhar! :D

4. Dicas: apagadores convencionais e flanela umedecida com água ajudam na hora de apagar um desenho e começar outro, mas depois que sua lousa estiver muito “usada” ela ficará com aquele esbranquiçado e só há um jeito de deixá-la limpinha para próximos rabiscos. A receita é fazer uma mistura de 60% detergente com 40% de água e aplicar com uma esponja, deixe secar naturalmente. Se após a secagem ainda tiver manchas brancas de giz, repita o processo. ;)

06
Como a Bárbara é arquiteta achamos legal dividir o espaço da lousa de forma que o nome dela fique em cima (área que não alcançamos sem a escada) e na parte de baixo (onde o acesso é mais fácil) desenhei uma tabela para organizar os projetos, clientes e etapas de trabalho, e no lado direito há ainda um espaço para croquis e ideias. <3

PicMonkey Collage33

Primeiro Rabisco Convida!

post0022-1

Hoje começa uma nova etapa no blog! Quero convidar meus amigos e leitores do blog a participarem também! Toda semana vou postar aqui sobre pessoas que tem talento, fazem um trabalho bacana, ou se dedicam a algum hobby com amor.

Tudo que é bom merece ser compartilhado, e eu acredito muito na união de boas energias e de quem quer e faz o bem! <3

Portanto, quem já tiver um projeto ou mesmo que seja apenas disposição e ideias boas entre em contato comigo e vamos nos divertir! Uma ótima semana a todos :)

Felicidade

post016-1

Ilustração por Marina Viabone

Segunda-feira muitas vezes é um dia em que a gente gostaria de estar em outro lugar ou fazendo outra coisa que não aquela que está nos esperando as 7h da manhã. Se estamos presos em uma rotina ou uma atividade que nos faz ter vontade de fugir é porque, talvez, estamos fazendo a coisa errada.

E entre frustrações, limitações e tédio vamos levando…por quê? Que tal repensar esse momento e tentar mudar? Passamos muito tempo na vida trabalhando, e se a gente não faz o que gosta como podemos alcançar nossas expectativa profissionais e sermos felizes?

Tenho conversado com muitos amigos e reparei que a maioria está passando pela mesma crise profissional: a gente fez a faculdade que queria, passamos 4 ou 5 anos estudando o curso dos sonhos, fizemos estágios ou trainees para conhecer melhor a área, já tivemos um ou dois empregos mas…e agora?

Para entender melhor o que está acontecendo veja aqui.

A nossa geração é entusiasta, curiosa, somos flexíveis, inquietos, temos a tecnologia como aliada, e o pouco não nos basta, queremos muito.! Se você está insatisfeito abra mão da sua resistência à mudança e comece agora! :)

Veja esse vídeo gravado pela Marina Shifrin, uma americana de 25 anos que trabalhava há dois em uma empresa de animação taiwanesa. Marina cansou do seu chefe que só se preocupava com o número de visualizações dos vídeos que a empresa produz e não com a qualidade deles.  O vídeo virou um sucesso na internet e exemplo de determinação e honestidade!

Que os momentos de felicidade durem mais tempo e que cada segunda-feira seja vista como uma nova semana de oportunidades. <3

“You only live once”

Primeiro Rabisco

Marina

Eu era muito pequena quando dei meu primeiro rabisco, e as tardes rabiscando com giz de cera e testando formas com blocos de lego foram definitivas na escolha da minha profissão e do que eu gosto de fazer.

Sou formada em Arquitetura e Urbanismo pela Belas Artes, mas nunca me restringi à arquitetura, sempre buscando referências exteriores. Hoje, meu trabalho se mistura com grafitti, design de interiores,  fotografia e até mesmo com moda. Todo tipo de arte que traz um novo sentido à vida me interessa.

Agora, senti a necessidade de prolongar algumas criações, filtrando informações, ensinando, aprendendo, retratando, repensando e mudando. Esse é o meu primeiro rabisco em uma nova plataforma, aberta a sugestões, colaborações e parcerias.

“Feliz daquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina”
CORA CORALINA