Além do meu caderninho

Algumas frases que desenhei essa semana no meu sketchbook. :)

PicMonkey Collage
Recebo muitas mensagens e e-mail de pessoas me perguntando qual caderno que uso para desenhar, quais canetas são adequadas para isso, onde eu compro meu material e  também pedindo dicas de como começar a praticar. Tenho uma boa notícia: estou gravando uma série de vídeos respondendo a todas essas perguntas, tentando ensinar a vocês um pouco do que aprendi até hoje e também vários “do it yourself” para provar que nada é tão difícil assim!

Acho que melhor do que responder aos e-mails e mensagens de vocês, é mostrar como é tudo isso e ter um papo mais próximo com vocês! ;)

Então, em breve inauguro o meu canal no youtube! Fiquem de olho!

DIY: Lousa Paris

Olá! Postei aqui uns meses atrás uma Lousa Office que fiz no escritório de uma amiga! Esse tipo de Parede-Lousa além de bonito e decorativo, também é muito funcional. Tem se usado muito também Parede-Lousas em cozinhas, que servem para anotar recados, receitas, inspirações, e etc.

Hoje vou mostrar uma Parede-Lousa que fiz na cozinha de um casal apaixonado por Paris! Vamos ao passo-a-passo!

68

A parede onde seria desenhada a lousa já estava pintada de preto, mas senão está, a tinta pode ser comprada em casas de material de construção, você pode optar pela Tinta Esmalte Preto Fosco de qualquer marca. ;)

Nesse caso eu peguei desenhos de referência na internet, nada que o Google não resolva! Na hora de desenhar a dica que eu dou é fazer como fiz na 1ª foto, desenhar bem fraquinho o contorno básico das figuras para primeiro organizar o espaço e distribuir de forma coerente os desenhos a serem feitos. Como o giz tá bem fraquinho, fica mais fácil apagar e começar de novo até ficar de um jeito que você julgue legal! :)

Infelizmente não existe mágica para passar o desenho do papel para a parede. Eu faço tudo no olho, mas utilizar régua, fita crepe para marcar o espaço, ou até um projetor para refletir o desenho na parede ajuda muito! Há também muitas pessoas que usam aquela técnica do quadriculado muito presente na infância, para passar os desenhos. Você pode fazer uma malha quadriculada bem fraquinha de fundo e assim conseguir uma proporção boa na hora de desenhar! ;)

69 70 71 72 74

Muitas pessoas já me perguntaram se eu passo algum produto para fixar o desenho. Uma vez eu usei verniz incolor fosco em spray, e sinceramente, não ajudou muito. Passar um verniz fosco em pincel eu nunca tentei, mas acredito que estragaria todo o trabalho. Então na verdade eu não passo nada. :( Se alguém tiver alguma dica ou experiência com isso deixe aqui um comentário!

E por último, para apagar qualquer coisa use um apagador de lousa convencional ou uma flanela umedecida com água. Se a lousa estiver muito “usada” ela ficará com aquele esbranquiçado e só há um jeito de deixá-la limpinha para próximos rabiscos. A receita é fazer uma mistura de 60% detergente com 40% de água e aplicar com uma esponja, deixe secar naturalmente.

E aí, gostaram?? :D

DCIM101GOPRO

DIY: Lousa Chá Bar

Oba! Mais um convite aceito e mais um projetinho concluído! (:
Dessa vez eu ilustrei uma lousa (feita de madeira e pintada com spray preto fosco, para quem quiser saber) para o chá bar da Mariana e do Gil.

Na verdade, os noivos nem viram a lousa pronta ainda, pois quem fez a encomenda foi uma das madrinhas, e minha amiga, Beatriz.

Espero que eles gostem do mimo, e que eles tenham um casamento cheio de amor e muito feliz! Obrigada pelo convite!!

PS.: Em breve postarei vídeos do processo dessas lousas e cartazes que eu faço pra matar a curiosidade de vocês, ok? Obrigada por me acompanharem!

IMG_5191_1

DIY: Troféu de Caça de Papelão

Os troféus de caça de papelão viraram febre nas páginas e blogs sobre decoração. Alguns sites gringos vendem essas peças mas o valor do produto + frete faz com que a compra não valha muito a pena.

Como sou muito curiosa, fucei, aprendi e produzi meus próprios alces de papelão. Fiz esses troféus de caça há algum tempo, e as pessoas ficam espantadas quando falo que fiz sozinha. Então vou colocar aqui o passo-a-passo para quem tem curiosidade (e paciência) poder fazer também! :)

post0095-4(Ideias da internet)

Você vai precisar de:  um estilete ou uma tesoura muito boa, tinta ou tecido caso você queria pintar ou revestir seu alce, os moldes (O Blog Casa de Colorir gentilmente disponibilizou os moldes para download nesse link aqui), 3 folhas de papel paraná ou caixas de papelão, lixa nº120, cola de maderia ou percevejos.

1. Imprima os moldes e cole-os em cima do papel ou papelão que você vai usar.

2. Recorte peça por peça, essa é a parte chata e que exige paciência. Aqui é muito importante que você tenha uma tesoura boa, ou muita habilidade para usar o estilete sem se machucar. ;)

3. Depois de cortar, use a lixa para acertar os cantos e deixar o acabemento melhor.

4. Se você quiser pintar seu alce agora é a hora! Eu não pintei os meus, mas acredito que com um spray fica mais fácil. Espalhe as peças numa folha de jornal e pinte uma face. Quando secar vire e pinte do outro lado. Se for necessário, dependendo da tinta e da cor, faça duas demãos.

5. Agora é só colocar cada peça no seu devido lugar, seguindo a lógica de encaixar cada número no seu par igual. E para prender o alce montado na base que vai na parede eu usei percevejos, se preferir você pode colar com cola de madeira que aguenta qualquer coisa.

6. Para a base, em vez de usar o mesmo material,  eu optei por uma base em MDF que comprei no Leroy Merlin, cortei em casa usando o molde e pintei de spray azul.

Ficou com dúvida? Escreva nos comentários que eu te ajudo! Fez o seu? Manda foto pra mim! :)
post0095-7

 

 

 

DIY: Desenho no vidro

Quarta-feira é dia de “Do it yourself” aqui no Blog, e nessa semana eu mostro os desenhos que fiz na vitrine da loja Maria Maria em comemoração ao Dia Das Mães!

Escrever no vidro é uma solução barata pra quem quer colocar algo novo na vitrine da loja, na janela do quarto… e quando enjoar é super fácil de remover, um pano úmido com água ou limpa-vidro é suficiente.

post0056-1

Eu usei a Posca, um marcador multiuso que pode ser encontrado em várias papelarias e lojas que vendem spray e material para pintura. Como o desenho é grande eu escolhi a Posca PC-17k na cor branca, a ponta dela tem 15mm de largura e permite traços bem grossos ou finos.

Na hora de passar o desenho papel para o vidro não tem muito segredo: medir a superfície , dividir o espaço proporcionalmente, criar linhas guias para o desenho com fita crepe ou traços finos com a própria caneta ajudam muito!

O resultado é esse abaixo!  Escolhemos um techo da música “Maria Maria” do Milton Nascimento para homenagear todas a mães e que também é a cara da loja :).

 

post0056-2post0056-3 post0056-4 post0056-5

A loja fica na Rua das Paineiras, 499 em Santo André, São Paulo. Aproveite e não deixe sua mãe sem presente!
Muito obrigada a Marina Palacio, ao Felipe Sako e a loja Maria Maria pela oportunidade! <3

 

DIY: Knolling

Knolling não tem uma palavra corresponde em português, dizem que esse termo foi usado pela primeira vez em 1987 pelo zelador da oficina de Frank Gehry, na época Gehry estavam projetando cadeiras para Knoll, uma empresa conhecida pelo mobiliário angular. O zelador criou o hábito organizar as ferramentas de Gehry dispostas em ângulos de 90° ou em paralelo, semelhante ao mobiliário Knoll. O resultado era uma superfície que permitia ao usuário ver todos os instrumentos de uma só vez.

Esse método de organização tornou-se um mantra em alguns estúdios e oficinas (“always be knolling” abreviado como ABK), e hoje virou quase uma brincadeira entre alguns fotógrafos, colecionadores, organizados, e curiosos.
Fiz meus “knollings” com meus objetos preferidos e indispensáveis, separei por cores para criar uma estética interessante :)

post004_1

(fotos por Marina Viabone)

Separei alguns exemplos bem interessantes de usuários do Instagram, cheios de criatividade, cores e organização! <3

PicMonkey Collage

(fotos Instagram)